Ressonância Harmônica-Você cria a sua própria realidade

 

Esta é a primeira parte do livro do Professor Hélio Couto, ao inseri-lo aqui, minha intenção é apenas de divulgar o seu trabalho, que na minha opinião deverá ser divulgado ao máximo, pois trata-se de um trabalho sério e muito importante; sugiro que o leia o livro em sua integra, pois esta disponivel de forma gratuita neste linck: http://psolrj.org.br/files/2015/11/RessonanciaHarmonica.pdf

ressonancia harmonica

Paradoxo

 

Normalmente quando uma pessoa quer ter luz numa sala, basta que ela vá até o interruptor e aperte um simples botão. E tem luz. Ela não precisa fazer um curso de engenharia eletrônica, nem de engenharia elétrica para ter acesso a luz. Quando se compra um carro ninguém discute a qualidade do aço do câmbio, nem faz curso de metalurgia ou engenharia mecânica, para usar um carro. Mesmo quando há uma mudança gigantesca de paradigma, como aconteceu quando apareceu a primeira televisão (eu vivenciei isso), ninguém fez curso de eletrônica para assistir televisão. Por incrível que pareça todo o planeta usa telefones celulares sem nenhuma pergunta de como ele funciona. E assim por diante…

Acontece que no caso da Ressonância Harmônica, inúmeras pessoas questionam como pode funcionar. Para acreditarem necessitam ler e estudar mecânica quântica até um ponto em que só faltaria freqüentar uma faculdade para tirar um diploma de físico! Isso mostra que existe algo muito especial na Mecânica Quântica. Por que o que acontece com ela não acontece com nenhum outro conhecimento. E isso prova que esse conhecimento é o mais poderoso que existe. Essa é a razão de tanta resistência. E prova mais uma vez até que ponto as pessoas se sabotam.

 

Engenharia da Informação Acesso e Transferência de Informação

 

Tudo que existe tem fundamento atômico.

Tudo que existe tem um campo eletromagnético.

Todo campo eletromagnético tem uma Informação Intrínseca.

Tudo que existe emana de um Campo Escalar.

Tudo que existe é uma onda. Quando os picos de duas ondas se chocam cria-se uma interferência construtiva.

Tudo que existe vibra em determinada freqüência.

Tudo é Energia e Informação.

Toda Informação existe para sempre.

Toda Informação pode ser acessada independentemente da dimensão em que está, não importando se a Informação é Local ou Não-Local. Toda Informação pode ser transferida personalizadamente.

Toda Informação pode ser transferida à distância.

Toda Informação pode ser usada independentemente do Tempo. Existe uma Onda de Possibilidade.

A Onda de Possibilidade transforma-se em Onda de Probabilidade. Existem Infinitas Possibilidades.

 

Introdução

 

Para poder entender este método é preciso ter uma Visão Quântica da Realidade. Isto é, de como realmente é o Universo e de como ele funciona. Isso significa trocar o paradigma totalmente. Não é uma pequena alteração na visão de mundo. É uma mudança total, pois de uma visão de partícula, passamos para uma visão de partícula e onda ao mesmo tempo. Nós é que escolhemos com que lado da realidade queremos trabalhar. E isso traz conseqüências de toda ordem. Se escolhermos o lado partícula (massa ou matéria) limitamos extremamente nossas possibilidades. Ao contrário das infinitas possibilidades da Onda. É o que a humanidade vem fazendo há milênios. Age como se só houvesse a partícula e usa a onda somente quando lhe interessa, como no caso da eletrônica e suas aplicações tecnológicas. No resto, todo o paradigma existente é voltado para a matéria, para a massa, para o materialismo enfim, onde tudo está separado, e não existe uma unidade fundamental no Universo. Daí veem todos os problemas atuais, como os econômicos, sociais, políticos, educacionais, etc. Tudo está contaminado pela visão materialista de que tudo é partícula. Age-se como se não houvesse a onda, mas usam celulares, televisões, rádios, bilhete único do metrô, passe livre no pedágio, GPS, telescópios, mísseis e toda a parafernália eletrônica que aparece a cada dia. Usa-se tudo isso com a maior tranqüilidade, esquecendo-se qual é o fundamento que faz tudo isso funcionar.

A Onda.

Acontece que a Onda é o fundamento de tudo e a realidade última. A massa é simplesmente uma diminuição de freqüência, para que possamos tratá-la também como partícula. É assim que um Oceano Primordial de Energia Infinita, como o Vácuo Quântico gera o que se convencionou chamar de massa ou matéria. Como os quarks, 12 prótons, átomos, moléculas, células, órgãos e seres. Tudo é formado por uma Onda que vibra de diferentes formas e isso forma o que se chama de massa. E tudo isso é Informação, ao mesmo tempo, que é Energia. Toda Energia é Informação. E como nada é fixo, pois tudo vem desta Onda. Dependendo de como ela vibra a massa é formada e todas as possibilidades de manifestação estão em aberto. Assim podemos ter os Elementos da Tabela Periódica da Química, a Eletrônica e etc. Quando se começa a usar o estado de Onda? Nós damos o primeiro passo aqui e vocês verão que as Infinitas Possibilidades estão em aberto. Quando se fala em Infinitas Possibilidades em Mecânica Quântica, significa que se o Universo e a Realidade são formados puramente por energia/informação e esta energia se manifesta tanto como onda como partícula, é possível criar qualquer realidade material à partir de um “oceano de energia potencial infinita”. Isto é o Vácuo Quântico. De onde tudo emerge. Emergir é só uma forma de expressão, porque na verdade o Vácuo se organiza em múltiplos níveis, como sistemas dentro de sistemas. Como se fosse uma boneca dentro de outra dentro de outra e assim por diante. É daí que surge a primeira possibilidade do que chamamos matéria ou massa. Seja através do bóson de Higgs ou de supercordas ou quarks, de fato o que importa, é que uma onda de energia também pode ser tratada e manipulada como partículas, átomos, moléculas, células, órgão, seres e assim por diante. Esta realidade tem profundas implicações, porque tudo pode ser tratado como partícula ou como onda. Como massa ou como energia. Todos que já viram um filme, mostrando uma explosão atômica, como aconteceram em Hiroshima em 1945, tem de acreditar que massa é energia, como prova a famosa fórmula de Einstein. Porém, também existe outra forma de usar uma das quatro forças fundamentais da natureza: o eletromagnetismo. As outras três são a Força Forte, a Fraca e a Gravidade. Massa é energia e podemos usar em qualquer destes dois estados. No entanto, quando se fala de eletromagnetismo estamos falando de energia e informação. Tudo é energia e informação. Portanto, podemos tratar tudo que é partícula como onda ou como informação. Existe uma informação intrínseca dentro da onda eletromagnética de qualquer coisa. Essa informação nunca é perdida e permanece para sempre. Devemos sempre considerar que toda nossa percepção envolve a captação de ondas eletromagnéticas, isto significa que já estamos usando e tratando a onda como informação também. Só que não em todo seu potencial. Tudo vibra e tem uma freqüência em Hertz. Podemos incorporar a informação através da interferência construtiva de duas ondas, a nossa e a da informação que nos chega. Desta maneira assimilamos a informação e o conhecimento. A melhor maneira de apreender um conhecimento é vivenciá-lo. Senão é muito intelectual e abstrato. Quando usamos a Informação temos certeza de que é assim que o Universo é. Então todas as portas se abrem e as infinitas possibilidades são reais para nós. Durante toda minha vida pesquisei sobre a mente humana e como utilizar todo o seu potencial. Isso começou quando eu tinha uns 10 anos de idade e já comprava biografias dos grandes homens para entender suas mentes e seu sucesso. Quando se pesquisa sem preconceito ou tabu, a verdade aparecerá mais cedo ou mais tarde. Pois uma descoberta leva à outra e assim por diante. Nesse caminho é preciso ir deixando de lado tudo que se mostra ultrapassado ou que não descreve mais a realidade. Foi assim que acabei descobrindo que tudo que existe é informação. Minha pesquisa prática de 15 anos 14 testando todo tipo de freqüência é que me fez compreender como funciona o Universo e acessar as informações. Na Física encontrei as respostas do porque é possível fazer tudo que se quer com informação. Durante esses 15 anos isso foi feito dia e noite, todos os dias do ano sem parar. Pensando e testando. É assim que se descobre como funcionam as coisas. Ciência pura é algo que não tem limites de forma alguma. É preciso aceitar os fatos que vamos descobrindo e mudar as teorias que já não funcionam em relação aos novos dados. Quem deve decidir os rumos da pesquisa são os resultados alcançados. Ou se quer saber a verdade custe o que custar ou não é ciência. É preciso pagar o preço da descoberta, do aventurar-se no desconhecido, de rever e abandonar às vezes tudo que se acreditava. É preciso soltar a bagagem no meio do caminho e estar aberto a todas as infinitas possibilidades. Quando uma pessoa se apega à um determinado paradigma, sua pesquisa está comprometida, porque é preciso aceitar os dados não importando quanto eles estejam fora do paradigma existente. Por exemplo, no momento é muito difícil para alguns aceitar as outras dimensões da Teoria das Super Cordas. Alguns anos atrás poucos aceitavam a Mecânica Quântica e hoje todos usam os produtos desenvolvidos à partir da sua descoberta. Portanto, em ciência falar que é impossível é prematuro. Toda teoria é aprimorada sempre; todos os dias são descobertos dados que mudam a visão que era tida como certa até aquele momento. Em virtude disto, é preciso experimentar e vivenciar para saber se é possível ou não. É disto que tratamos neste livro. Formas de usar toda a informação disponível no Universo, para os mais variados fins. Para melhor entendimento dos leitores é preferível evitar ao máximo o uso de termos técnicos. Porém, temos de explicar às vezes desta forma para que as pessoas possam entender que é possível o que explico aqui. E para isso é preciso compreender que tudo é feito de átomos; os átomos tem um campo eletromagnético e que tudo advém de um Campo Escalar ou Vácuo Quântico. Embora isso seja complicado de entender, existe muito material de pesquisa citado neste livro que corrobora tudo que é explicado e também tem a minha própria pesquisa no campo da Informação.

Resumindo, usa-se toda a pesquisa de ponta e além da fronteira, para produzirem-se os resultados que se deseja.

Tais como: Mecânica Quântica Eletromagnetismo Ondas Escalares Campos Morfogenéticos Infobrana (Informações Multidimensionais) Informação e Magnetismo de um endereço no Contínuum Espaço/Tempo Transferência de Informação através do Contínuum Espaço/Tempo Multidimensional Informações Arquetípicas, Bibliotecárias, Cinematográficas, Acadêmicas, Etc. Informações através da Teoria do Caos Acesso e Criação de Realidades Alternativas Acesso à toda e qualquer informação desejada Infinitas Possibilidades de Informações e Criação através do Vácuo Quântico

De qualquer forma procura-se que toda tecnologia seja de fácil utilização. Como apertar um botão e acender a luz. Isso é o que importa para a maioria das pessoas. Uma discussão aprofundada da realidade foge do escopo deste livro e será tratada futuramente.

Os benefícios de se usar a Informação são incomensuráveis e precisam estar ao alcance e entendimento de todos os interessados. Citarei algumas pesquisas de passagem apenas para que possa propiciar uma expansão de consciência e paradigma, facilitando a percepção de que a Informação existe e pode ser usada.

ressonancia harmonica

Sugiro que leiam o livro em sua integra:

http://psolrj.org.br/files/2015/11/RessonanciaHarmonica.pdf